segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Naruto Storm 4 - Personagens Confirmados [AT]

Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 é o sexto e final jogo da série Ultimate Storm. Confira a lista parcial dos personagens do jogo. A lista foi divulgada e é atualizada pelo website oficial do jogo. Alguns personagens jogáveis confirmados por outros meios, podem não ter sido incorporadas a lista ainda. 

Os personagens estão agrupados em: Novos, Konoha, Suna, Kumo, Iwa, Kiri, Taka, Akatsuki, Shounen e Outros.

Novos Personagens:


Konoha:



Suna e Kumo:


Iwa e Kiri:


Taka e Akatsuki:


Shounen:


Outros:


Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 é o jogo final da série Storm. Ele contará com gráficos mais realistas, com resolução de 1080p. O jogo sob desenvolvimento da CyberConnect2 e distribuído mundialmente pela Bandai Namco Games tem estreia confirmada a partir de 04 de fevereiro de 2016 (05 de fevereiro no Brasil), para PS4, Xbox One e PC (via Steam).

O jogo terá áudios em Japonês, Inglês, Espanhol e Português Brasileiro, com legendas em Japonês, Inglês, Francês, Espanhol, Português Brasileiro, Italiano, Alemão e Árabe.

Em Naruto Storm 4, os jogadores poderão trocar o personagem principal no meio da batalha. Ou seja, você poderá utilizar seus personagens de apoio como jogáveis durante a batalha. O jogo recria a Quarta Guerra Mundial Shinobi, além disso traz personagens do filme "The Last -Naruto The Movie-" e "Boruto -Naruto the Movie-".

Shonen Jump - Prévia das Capas (Outubro de 2015)

Uma prévia das capas dos lançamentos de 03 de outubro da Weekly Shonen Jump foram divulgadas (no sentido da esquerda para direita, de cima para baixo):

One Piece 79
Haikyuu!! 18
Assassination Classroom 16
Saiki Kusuo no Psi-nan 15
Shokugeki no Souma 15
Isobe Isobee Monogatari 8
Black Cover 3
Ultra Battle Satellite 3
One Piece Party 1






Confira também previsões de lançamentos dos volumes (tankobon) da Shonen Jump para os meses de novembro e dezembro.

Novembro: Bleach 70, Gintama 61, Nisekoi 20, Hinomaru Zumou 7, Kagamigami 3, Lady Justice 2, Devilyman 2, Sesuji wo Pin! to Kyougi Dance-bu e Yokoso 1 e Best Blue 1.

Dezembro: Kochikame 197, Toriko 37, World Trigger 13, Haikyuu!! 19, Black Cover 4 e Sesuji wo Pin! to Kyougi Dance-bu e Yokoso 2.

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Naruto Exhibition - Vídeo Anuncia Fim da Exposição

Está semana, um novo comercial de "Kishimoto Masashi Naruto Ten (Exhibition)" trouxe um aviso sobre o fim da exposição, exibida atualmente na cidade Osaka até 27 de setembro de 2015.



A exposição realizada em Tóquio e Osaka. De 25 de abril a 28 de junho (em Tóquio, no Mori Arts Center Gallery) e 18 de julho a 27 de setembro (em Osaka, no Osaka Culturarium at Tempozan).

Quer saber mais sobre a exposição e suas atrações, acesse: aqui e aqui.

Veja também as imagens, acesse.

Table of Contents 2015 - Weekly Shonen Jump Issue #44

Fonte: mangahelpers
      
Table of Contents (ToC) é a ordem na qual os mangás da Weekly Shonen Jump estão posicionados na revista naquela semana. A ordem representa um ranking de popularidade: mais acima há séries populares, mais abaixo tem séries menos populares. Uma série com pouco popularidade significa que ela corre o risco de ser cancelada. Quanto mais próximo do fundo da revista, maior a chance disso acontecer. Saiba mais aqui.

Confira abaixo a Table of Contents da Weekly Shonen Jump Issue #44. A capa desta semana ficou com a série Haikyuu!!.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Table of Contents - Issue # 44/2015
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Título e Autor(a)

1. Haikyuu!! (Capa e Páginas Coloridas) Furudate Haruichi
2. Assassination Classroom Yuusei Matsui
3. One Piece - Eiichiro Oda
4. Samon-kun wa Summoner (Páginas Coloridas) - Numa Shun
5. Shokugeki no Soma Tsukuda Yuuto e Saeki Shun
6. Boku no Hero Academia - Kouhei Horikoshi
7. Hinomaru Zumou Kawada
8. PSI Kusuo Saiki Asou Shuichi
9. Mononofu Ikezawa Haruto
10. Black Clover (Páginas Coloridas) - Yuki Tabata
11. Toriko - Mitsutoshi Shimabukuro
12. Nisekoi - Naoshi Komi
13. Bakuman Age 14 (Páginas Coloridas) - ???
14. Gintama Hideaki Sorachi
15. Sesuji wo Pin! to Kyougi Dance-bu e Yokoso - Yokota Takuma
16. Bleach - Tite Kubo
17. Kochikame Osamu Akimoto
18. Kagamigami Toshiaki Iwashiro
19. Best Blue - Hirakata Masahiro
20. Isobe Isobee Monogatari - Nakama Ryou
Ausência - HunterxHunter e World Trigger

Issue 45# - Informações
One Piece (Capa e Páginas Coloridas) - Eiichiro Oda
 -----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Legenda
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Capa da Revista
Páginas Coloridas  
Nova Série  
One-Shot  
Fim da Série ou Cancelamento
-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Imagens:




quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Ranking de Vendas de Mangás no Japão, 14 de Setembro a 20 de Setembro

Fonte: animenewsnetwork


O ranking de vendas de mangás no Japão, no período de 14/09 a 20/09, encontra-se logo abaixo. A liderança da semana ficou com Tokyo Ghoul:re (338.249 cópias vendidas), seguido por Fairy Tail (179.599 cópias vendidas), Barakamon (156.233 cópias vendidas) e Ahiru no Sora (138.874 cópias vendidas).


segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Sakura Hiden - Capítulo Um: Seção Três (Tradução)

A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Ōsaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas.


Os capítulos da novela serão traduzidos para o português a medida que a versão em inglês seja liberada. Confira a terceira seção do capítulo um abaixo. Para ver outras partes do livro acesse aqui.

A tradução foi realizada pela equipe Sasusaku Brasil, e revisado pela NarutoProject/Naruto News.

------------------------------------------------------------------------------
Capítulo Um: Seção Três

Página 27

Os arranjos para a viagem estavam preparados. A reunião de negócios com Ino também havia terminado.

Enquanto Sakura estava esperando partir para a Vila Oculta da Areia no dia seguinte, Tsunade a tinha chamado.

O local era a loja favorita de saquê e licor de Tsunade.

"Eu não quero dizer que essa (reunião) é particularmente sobre assuntos de negócios. Depois de amanhã, ouvi dizer que você está partindo em uma jornada. Isso é algo para tentar animá-la... Ah, mas na verdade, eu simplesmente queria beber, isso é tudo."

Depois de dizer isso, Tsunade riu.

(Tsunade) sabia falar sobre isso de tal maneira que Sakura não pensaria em seus fardos.

Mesmo assim, Tsunade estava pensando que ultimamente Sakura estava se sobrecarregando. E então, Tsunade a tinha chamado para que Sakura tentasse, se possível, desabafar e desestressar.

Páginas 28 e 29

Quando a 'Clínica Infantil de Assistência Médica Mental' foi criada, Tsunade tinha dado um empurrãozinho nas costas de Sakura. Quanto ao modo como Sakura está trabalhando atualmente, talvez Tsunade tenha se sentido um pouco responsável por isso.

"―Contudo, tornou-se uma coisa esplêndida, não é? Mesmo como minha discípula. (Ela é a única que) apresentou algo como Clínica Infantil de Assistência Médica Mental para a vila. Para mim, como sua shishou, estou orgulhosa de você."

Um por um, Tsunade tinha acabado com os copos de saquê. Seu rosto estava tingindo com uma vermelhidão. Ao mesmo tempo, ela também comia rapidamente, e tinha começado a beber em um ritmo acelerado.

"Entretanto, até o final do dia, as coisas que eu faço são apenas condizentes para alguém com os meus contatos (para providenciar acesso aos cuidados para os pacientes). Porque na verdade, (aqueles que estão) frente a frente com as crianças são aqueles que foram especialmente contratados (e treinados para trabalhar diretamente no caso deles)."

"Você não tem que ser tão modesta. Em relação às crianças e aos traumas mentais dela, não há muitas palavras que elas possam usar (para expressar) bem. E então, (esses pensamentos) acumulam e ficam amontoados. Estes (sentimentos) então se tornam pensamentos de preocupação. Quando uma coisa dessas acontece, haverá alguém que estenderá sua mão. (Essas pessoas) serão reconfortantes para (as crianças). Você criou essa estrutura para os pacientes. Isso é suficientemente significativo (para eles)."

"Sim."

Ao receber tais palavras de sua shishou, Sakura sentiu-se como se ela tivesse sido recompensada e ficou feliz.

"Além disso, o quão bem Naruto e Hinata estão se dando?"

Quando a conversa chegou a um ponto em que elas poderiam passar a ter outro assunto além do trabalho, Tsunade levantou a questão.

"Ehh. Outro dia, eu inesperadamente os encontrei em um encontro. Eles pareciam estar indo bem."

"Quanto a Hinata, (você pode até não pensar nela dessa maneira), mas ela pode ser até do tipo que surpreendentemente e firmemente segura as rédeas (em uma relação)."

"Eu pensei sobre isso. Se sua companheira também fosse de um tipo inflexível e temperamento forte, Naruto provavelmente estaria em conflito com ela. Mas já que é Hinata, eu não acho que deveríamos nos preocupar com isso."

"Se ela fosse uma mulher como você, isso poderia ter sido difícil, não é?"

Com essa única palavra, Tsunade sorriu e riu largamente. Sakura riu com um "Ahhaha" e coçou a cabeça. Aquele sorriso instantaneamente foi substituído por um ânimo escondido. Como ela pensou, Sakura estava pensando em seu próprio amor.

―Não adianta, eu não deveria (pensar sobre isso) se não me tornarei muito solene (e séria sobre isso).

Enquanto Sakura estava aturdida, ela de repente mudou completamente o seu tom. Ela então perguntou a Tsunade:

"Shishou, já que estou colocando isso de forma descuidada, eu quero te perguntar (sobre uma coisa). Quanto aos homens, como eu posso conquistá-los?"

"Se... você quer que um homem te olhe..."

Tsunade respondeu em um segundo:

"(Use seu) busto."

Quando ela disse tal coisa, ela orgulhosamente estufou seus peitos com um som 'donn' (/whomp).

―O busto de (uma mulher)... (um) busto, eh?

Página 30

"É assim mesmo? É como eu pensava, não é? Hinata também tem seios enormes, não têm?"

Sakura afundou os ombros com um 'zuun' (/desapontamento).

"Sua idiota, é uma piada."

Tsunade estava afobada, e ela acrescentou essas palavras.

"Como fazer para virar a cabeça de (um homem), vai depender da pessoa."

"Sim, eu quero pensar (que esse seja o caso)."

"Faça o seu melhor, Sakura. Bem, além disso, há mais alguma coisa em que eu posso ajudá-lo?"

"Nesse caso shishou, por favor, (faça uma aposta comigo)."

Disse Sakura.

"Uma aposta?"

"(Por favor, aposte) que o meu amor não irá acabar bem. É porque as apostas da shishou muitas vezes dão errado, certo? É por isso que (estou pedindo a você)."

Tsunade afastou seu enorme peito enquanto ria com um 'Ha!'.

"Entendo. Vamos (apostar)."

domingo, 20 de setembro de 2015

Sakura Hiden - Capítulo Um: Seção Dois (Tradução)

A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Ōsaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas.


Os capítulos da novela serão traduzidos para o português a medida que a versão em inglês seja liberada. Confira a segunda seção do capítulo um abaixo. Para ver outras partes do livro acesse aqui.

A tradução foi realizada pela equipe Sasusaku Brasil, e revisado pela NarutoProject/Naruto News.

------------------------------------------------------------------------------
Capítulo Um: Seção Dois

Páginas 20 e 21

O Sexto Hokage Kakashi estava sentado em sua mesa. Ele estava usando (o formal) traje do Hokage além de seu chapéu.

"Sakura, há um tempo estávamos apenas testando o terreno sobre esse assunto. No entanto, recebemos uma resposta de Suna. Parece que o outro lado aceitará isso a qualquer hora."

"Sério?"

A face de Sakura estava radiante. Kakashi estava sorrindo e rindo.

"Com Ino, vocês duas irão ao encontro deles? Aquela jovem senhorita estava maravilhosamente te auxiliando, certo?" Continuou Kakashi.

"Sim, nós iremos."

Tinha se passado uma semana desde que ela havia recebido (os relatórios) sobre a eficácia da 'Clínica Infantil de Assistência Médica Mental'. Ela tinha trabalhado em conjunto com Ino (no departamento). Sakura tinha sido convocada para o escritório da Hokage.

Quanto ao atual estado da 'Clínica Infantil de Assistência Médica Mental', Sakura também queria transmitir (o sucesso) para sua aliada, a Vila Oculta da Areia. Além disso, ela já havia previamente solicitado a Kakashi (isso).

Por causa dos estresses da grande guerra, havia crianças cujos corações e mentes foram feridas (devido à situação). Deveria existir (crianças que estavam sofrendo) além daquelas dentro de Konoha.

Se esse fosse o caso, com a infra-estrutura preparada da clínica de saúde mental, e além da crescente eficácia dentro de Konoha, em seguida (o seu trabalho também deveria ser aplicado) em outras vilas. Quanto às outras vilas, isso seria extremamente útil (para as crianças).

"Esse prestativo sistema não tem sido compartilhado com todos, certo? Então os instrua de forma assídua (sobre os nossos avanços)."

"Sim. Até mesmo de você Kakashi-sensei, eu recebi ajuda (de você) sobre esse assunto. No entanto, por favor, pense em algo para acomodar o orçamento..."

Páginas 22 e 23

"Porque você é minha antiga aluna, eu também quero te ajudar de alguma forma, certo? Mesmo assim... é porque até mesmo eu entendo que um trauma mental é algo pesado, certo?"

Conforme Kakashi falou, ele assentiu um pouco.

"Eu irei confiar o itinerário da viagem de negócios a Suna, com você e Ino. Tome cuidado, eu te verei mais tarde."

"Sim!"

Sakura saiu do escritório do Hokage.

Leva quatro dias (de viagem) até (elas chegarem) na Vila Oculta da Areia. Enquanto pensava no armamento shinobi e equipamentos necessários para a viagem, Sakura (também percebeu que ela) tinha que organizar os documentos mais uma vez. Deixando a residência do Hokage, Sakura caminhou refletindo sobre isso e aquilo (em preparação da missão). Um pouco a sua frente, ela podia ver a figura de Sai. Na parte de trás das roupas dele, ele estava carregando um enorme pergaminho.

"Sai!" Sakura o chamou. Ele se aproximou dela com um, "Yo!"

"Você também está em uma missão para o Kakashi-sensei?"

Sai ouviu e respondeu com um, "Mm- Yup". Ele havia retribuído com uma resposta um tanto tímida.

"E quanto a você Sakura, estava cuidando de alguns negócios no escritório do Hokage?"

Do lado oposto ao dela, Sai perguntou novamente a Sakura (sobre o seu trabalho). Sakura disse a ele sobre sua viagem de negócios para Suna.

"Entendo, então você vai para Suna. Nesse caso, é melhor manter a pele bem hidratada, já que é árido lá."

Sakura assentiu para o conselho de Sai.

"Tudo bem. Eu levarei um hidratante adequado. Porque para mim, esse tipo de coisa está no interior da força de uma mulher."

"É isso mesmo? Mas, quanto a você, Sakura, ao invés da força de uma mulher, (eu tenho) a impressão de que você tem a força física em seu lugar. (Então não se esqueça de que você) pode esmagar o frasco de hidratante com suas mãos, ok?"

Sai estava sorrindo docemente ao dizer esse tipo de palavras. Ao mesmo tempo em que Sakura também estava sorrindo para ele, ela respondeu de volta:

"Então que tal eu calar a boca de vocês com minha força física?"

("Isso é tão desnecessário... Muito aterrorizante.")

Mesmo com um pouco de medo da situação, e sem dizer nada, Sai começou a andar em direção ao escritório do Hokage. Na verdade, Sakura estava ironicamente sorrindo.

(~Quebra de Página - Mudança de Cena~)

"Você me chamou, certo?"

Disse Sai enquanto estava em frente a sua mesa.

"Desculpe por te convocar de repente." Kakashi fechou o arquivo que estava segurando em sua mão.

"Não (não tem problema algum). Mas por que você me solicitou pessoalmente...? É algum tipo de missão?"

Páginas 24 e 25

"Hum. Bem, missão é uma missão, mas não significa que é uma coisa formal."

"O que quer dizer?"

Sai estreitou um pouco seus olhos.

"É algo que eu quero que você investigue. No entanto, eu quero que você trabalhe nisso sozinho."

Kakashi acenou com a cabeça e em seguida continuou:

"Uma semana atrás, o Daimyo veio se recuperar nas águas termais da vila. Você sabe do incidente em que ele foi atacado por alguém?"

"Sim... Eu ouvi que enquanto o Daimyo estava imerso na água quente, uma kunai foi arremessada próxima a ele."

"Bem, o lado bom é que o dano foi zero. O Daimyo saiu ileso. No entanto, naquele dia, a ANBU estava em volta do perímetro onde os Daimyos tinham chegado. Eles estavam espalhados e estritamente de guarda nas proximidades. Mesmo que uma única kunai tenha sido jogada, não teria sido uma simples tarefa a se fazer (sob os olhos vigilantes)."

E, então, Kakashi continuou.

"Afinal de contas, este evento foi a poucos dias atrás. Por causa disso ter acontecido na área da vila, Homura-san¹ do Conselho Honorável veios inspecionar e expressar suas opiniões sobre isso. Ele estava escoltado por dois shinobi, mas eles foram atacados por um bandido."

"Eu não sabia sobre o incidente."

"Homura-san odiaria fazer disso uma questão importante, ele não (falaria) tão abertamente."

"Mas não é inquietante? Um alto executivo do país ser atacado?"

"Além disso, (estes incidentes) foram feitos em sucessão."

"(Você gostaria que eu) investigasse esses dois incidentes?"

"Sim. Bem, esses dois eventos foram concluídos. Se houver um terceiro, pode ser que sejam os autores dos outros dois incidentes. Ou pode ser outra pessoa. De qualquer forma, eu quero que você investigue tudo, incluindo as circunstâncias desses acidentes."

Kakashi (terminou) de falar.

Sai então perguntou:

"E sobre a ANBU? Por que eles não estão sendo mobilizados?"

"Claro, eles já foram mobilizados. No entanto, eu queria pessoalmente suspender um fio dentro da investigação. Que seria você."

"Entendido.  Eu irei imediatamente trabalhar (nesse assunto)."

"Sinto muito."

"Tudo bem se Naruto e Sakura trabalharem juntos comigo? A esse respeito, eles vão aumentar a eficiência da investigação... Não, eu acho que Naruto seria ruim nesse tipo de coisa."

Nota¹ - refere-se a Mitokado Homura, um dos mais antigos conselheiros da vila.

Páginas 26 e 27

"Eu entendo, certo?" Kakashi riu.

"Porque esse cara não é adequado para tal missão em grupo. Além disso, Sakura é Sakura. Ela está fazendo alguma coisa agora certamente."

"Isso me lembra de que eu a encontrei no caminho daqui. Algo sobre ir a uma viagem de negócios a Suna?"

"Mmhmm. É por isso que dessa vez, por enquanto Sai, você irá trabalhar sozinho. Eu acho que você não vai ser notado."

"Entendido."

"Por favor, proceda com cuidado."

Disse Kakashi, com sua tensa expressão facial.

"Eu sinto que não parece ser uma simples brincadeira, nem (um típico) violento agressor."

"Essa é a sua intuição, sensei?"

"Sim. É uma percepção de se estranhar, certo?"

"Eu irei trabalhar cuidadosamente. Mas, sensei, esteja de guarda, certo?"

"Até eu?"

"É porque os altos executivos do país foram atacados. Não seria sequer estranho se o Sexto Hokage fosse o próximo atacado."

"Certamente parece plausível. Eu estarei em guarda."

Enquanto Kakashi concordou, ele pensou consigo mesmo.

―Mas tudo ficará bem se eles apressadamente apontarem para mim.

Ele pensou sobre isso por um instante.

Sakura Hiden - Capítulo Um: Seção Um (Tradução)

A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Ōsaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas.


Os capítulos da novela serão traduzidos para o português a medida que a versão em inglês seja liberada. Confira a primeira seção do capítulo um abaixo. Para ver outras partes do livro acesse aqui.

A tradução foi realizada pela equipe Sasusaku Brasil, e revisado pela NarutoProject/Naruto News.

------------------------------------------------------------------------------
Capítulo Um: Seção Um

Páginas 1 e 2

São páginas de título.

Páginas 3 e 4

Uma ninja médica estava explicando os documentos em suas mãos. Ela era cerca de dois anos mais jovem que Sakura.

"―No meu modo de ver os dados do documento divulgado, o número de crianças (internadas com a queixa principal de) doenças psicossomáticas certamente estão diminuindo."

"Desde a inauguração (da clínica) um ano e meio atrás, (os dados) mostram que essa eficácia não para de aumentar."

(Após Sakura afirmar isso), a médica que estava encarregada de explicar (o documento) continuou: "Sim. É satisfatório." Ela assentiu. Suas pequenas bochechas e rosto estavam vermelhos de tensão e nervosismo.

"Como os sintomas são prolongados, melhorias não serão observadas através de assistência com conversas. Quanto a esses casos, estaremos colaborando com os outros departamentos dentro do hospital. Nós teremos certeza sobre a prescrição médica e isso será incluso no apoio (de sua recuperação)."

"Isso não será um problema, certo?"

Ao lado de Sakura, Ino falou.

Sakura assentiu. "Tem razão." (E então ela continuou):

"A coordenação com os outros departamentos, deve proceder (com nossas solicitações) o mais cuidadosamente possível. Uma vez que (o bem-estar do paciente) não vai ser melhorado apenas com algumas conversações, em vez do tratamento médico, (devemos) em primeiro lugar ouvir cuidadosamente a história de cada criança. Porque esse é o propósito de estabelecer a 'Clínica Infantil de Assistência Médica Mental' aqui."

Isso é o que (Sakura) acrescentou (para a discussão).

Páginas 5 e 6

Em seguida, eles continuaram a discutir e explicar (o conteúdo) dos documentos. A reunião terminou quando eles confirmaram juntos os seus planos para o futuro.

Sakura e Ino saíram da sala de conferência, localizada no interior do Hospital de Konoha.

"Aquela jovem não estava um pouco tensa e nervosa?" Disse Ino enquanto elas estavam andando pelo corredor.

"(Você quer dizer) aquela jovem que estava explicando (os dados para nós)? Ela ainda não está acostumada com esse tipo de situação, certo?"

"Mas, talvez seja... Eu me pergunto se é porque ela estava diante de Sakura-senpai. Ela aspira (ser alguém como você)."

"O que você quer dizer?"

Sakura perguntou a Ino, que, em seguida, respondeu com um sorriso maroto.

"Você não sabe? Você é super popular de acordo com sua kouhai¹.―Mesmo você sendo uma ninja médica, você é poderosa durante o combate. Além disso, você também é capaz de trabalhar com tanta diligência. Ademais, você é uma pessoa bonita. (Devido a estas razões), provavelmente você vai crescer ainda mais em popularidade."

'Se você quiser compartilhar sua boa sorte.' Estava implícito no sorriso de Ino.

"Pare com isso!"

Sakura retrucou com um sorriso irônico.

Depois de conversar brevemente no 'modo amigo', Ino mudou de assunto voltando para o trabalho.

"Mas eu senti que as coisas estavam finalmente indo de acordo com o plano para a Clínica Infantil de Assistência Médica Mental, né?"

"Ah, está certa." Sakura assentiu.

Nota¹ - Kouhai, refere-se aos seus pares que estão abaixo de você em termos de hierarquia (pode ser em idade, posição dentro de Konoha, ou classificação shinobi). Sakura já é Jounin no filme The Last -Naruto the Movie-, que acontece alguns meses antes desta novela.

Páginas 7 e 8

Dentro do Hospital de Konoha, Sakura tinha criado um lugar onde ela estava especialmente encarregada da saúde mental das crianças. Sakura propôs (a ideia) para o alto escalão (do hospital). Aproximadamente dois anos atrás, a Quarta Guerra Mundial Shinobi tinha acabado. Quando meio ano tinha decorrido (uma vez que a guerra terminou, ela apresentou sua sugestão).

Foi uma grande guerra― Shinobi de todo o mundo se reuniram em uma aliança para impedir a ressurreição de Otsutsuki Kaguya.

Ela era uma inimiga excessivamente poderosa. Muitas vezes, (eles pensaram que) eles seriam mergulhados nas profundezas do desespero. Mas apesar disso, com Naruto no núcleo das Forças da Aliança Shinobi, eles não poderiam se submeter e se render (aos inimigos). Eles lutaram até o amargo fim. As aspirações de Kaguya foram esmagadas.

Todo mundo ficou encantado com a chegada da paz. O mundo foi salvo.

Em pouco tempo, a reconstrução começou (como consequência) a uma batalha em larga escala. Eles estavam fazendo progresso na reparação da terra danificada e na infraestrutura.

Como ninja médica, Sakura também tratou de um grande número de shinobi feridos.

Havia muitas pessoas que sofreram grandes feridas. Muitas pessoas passaram por seu tratamento médico. No entanto, todas as expressões faciais (de seus pacientes) estavam calmas e tranquilas. Desde que a guerra tinha acabado, foi provavelmente por causa de sua sensação de segurança.

Sakura incidentalmente pensou.

―Eu me pergunto o que está acontecendo com as crianças...?

Ela pensou sobre isso enquanto estava casualmente no hospital. Sakura notou Kurenai, que estava abraçando sua criança.

Como as crianças não estavam diretamente envolvidas no combate, provavelmente elas não estavam fisicamente feridas. 

No entanto, o que acontece com suas condições mentais?

Páginas 9 e 10

Uma vez (que as crianças) não sabiam quando a guerra acabaria, seus novos e ternos corações estavam provavelmente imensamente estressados (com a situação). (As crianças provavelmente viram) países em estado de colapso, ou sabiam sobre a morte de alguém próximo a elas. Possivelmente, elas foram sobrecarregas com as feridas em suas mentes e corações.

Sakura tentou examinar os dados dos pacientes que visitaram o hospital. Depois da grande guerra, parecia haver muitas crianças que vieram (com uma queixa principal) de má saúde física devido a causas desconhecidas.

Sakura pensou que não podia ignorar (esse fato).

'As crianças são tesouros da vila.'― O Terceiro Hokage, Hiruzen, tinha muitas vezes falado essas palavras. Mesmo os mais velhos shinobi eram conhecedores comunalmente (desta frase). E assim, uma vez que era uma concepção comum, eles tinham gravado essas palavras dentro de seus peitos.

Por que eles não poderiam criar uma infraestrutura para o cuidado mental das crianças, e uma unidade especial dentro do hospital (especialmente para essa causa)? Em primeiro lugar, Sakura tentou consultar sua shishou¹, Tsunade.

"Eu acho isso ótimo." Disse sua shishou. "Com sua liderança, tente prosseguir (com seu departamento), Sakura."

Com um toque nas costas de sua mestra, Sakura iniciou os preparativos.

(Sakura precisava) garantir o pessoal necessário e treiná-los. Através da coordenação com o Hospital de Konoha, ela precisava criar a fundação (de sua unidade). E então, como ela (pediria para eles) concordarem com o orçamento?

Havia muitas coisas a se fazer. Era simplesmente impossível para Sakura fazer tudo sozinho. Sua amiga, Yamanaka Ino, se voluntariou para ajudá-la.

"Além disso, não é um lugar inesperadamente crítico para estar? Porque é um fardo (carregar) tudo sozinho. Se você explodisse (ou estourasse de estresse), eu sentiria pena de você."

Nota¹ - Shishou significa mestre/professor.

Páginas 11 e 12

Com a colaboração de Ino, a fase preparatória durou seis meses. Então, eles foram capazes de alcançar (uma etapa onde eles poderiam) apresentar 'A Clínica Infantil de Assistência Médica Mental'.

Elas começaram a ver os resultados instantaneamente. (A eficácia da clínica) estava em constante aumento.

"Foi tudo graças à ajuda que você me deu, Ino. Obrigada."

"Se (você for me dar um) bônus especial, me compre alguma coisa!"

(Em resposta) ao gracejo de Ino, Sakura começou a rir.

Quando elas deixaram o hospital, Ino (fez um convite a Sakura): "Que tal tomarmos um chá?"

No entanto, Sakura cruzou as mãos. Ela respondeu com um: "Eu sinto muito."

"Por hoje, há documentos que eu quero compilar com antecedência. (Pretendo fazer isso) depois (de nos separarmos). Até depois."

"Eu entendo."

Mas da forma como Ino disse, parecia haver um tom de preocupação no seu semblante. Aqueles olhos (pareciam indicar outra mensagem): "Na verdade- não se sobrecarregue muito, tudo bem?"

Sakura fingiu não notar (a expressão de Ino). Ela agitou suas mãos com um 'Tchau'.

Ela começou a andar sozinha pela movimentada rua. 

Mesmo que fosse o começo da tarde, as ruas estavam apinhadas (e lotadas de pessoas).

A neve que tinha se acumulado na vila, havia sido completamente derretida. A estação já era primavera. Até as pessoas que estavam andando na rua foram libertadas dos seus pesados casacos.

"Huh? Sakura-chan."

De repente, ela ouviu uma voz vinda de trás. Era uma voz que ela conhecia muito bem.

Páginas 13 e 14

"Naruto! Hinata!"

Virando-se, Sakura viu a figura dos dois. Ambos estavam vestindo roupas civis e andando em sua direção.

"O quê? (Você dois estão) em um encontro?" Sakura perguntou.

"Sim. Devido ao acaso, nós dois estamos de folga."

"(Como você está), Sakura-chan?" Disse Hinata. 

"Eu estava no hospital em uma reunião de negócios com Ino."

"Eu ouvi sobre a discussão 'dattebayo. Ah-, o normal-, o que era mesmo-, A infantil... err-, alguma clínica?"

"A Clínica Infantil de Assistência Médica Mental." Depois de corrigi-lo, Sakura perguntou: "O que você dois vão fazer agora? (Sair para uma) refeição?"

"Sim, (nós vamos) ao Ichiraku." Assentiu Hinata.

"Hey." Naruto começou a sussurrar no ouvido de Sakura.

(Eu pedi ao Sai emprestado [An-An¹]. Naquela (revista), está escrito que um homem deveria pagar as despesas de um encontro. Mas os custos (das refeições em restaurantes) estavam muito caras!)

Enquanto Sakura ria um pouco de Naruto, que estava ficando um pouco pálido. Ela sussurrou de volta: (Está tudo bem! Não se cobre muito).

"O que vocês dois estão falando?" Hinata inclinou a cabeça para o lado.

(Naruto respondeu de volta) com uma risada: "Ah-, Ya-, Não é nada, nada (mesmo)."

Nota¹ - refere-se a revista de Sai, que Naruto lê no omake "After The Last", publicado no "Retsu no Sho", livro guia para o filme "The Last". O nome da revista é  [安安] (An-An). O kanji sozinho significa 'barato'.

Páginas 15 e 16

Naruto esfregou seu estômago, "Estou ansioso para desfrutar o ramen~"

Como o gesto de Naruto foi divertido, Hinata caiu na gargalhada. À vista de duas pessoas apaixonadas, a boca de Sakura também abriu um largo sorriso.

Os dois estavam prestes a ser reconhecidos como um casal oficial na vila, (uma vez que estavam juntos) há vários meses.

No relacionamento dos dois, Hinata era tímida enquanto Naruto um pouco tapado. Quando Sakura estava perto (destes dois), eles faziam (ela sentir) bastante ansiosa. No entanto, agora que (Naruto e Hinata) estavam felizmente juntos, (os três) também tinham lembranças alegres e doces.

O acontecimento (que os tinham deixados mais próximos) ocorreu no inverno passado.

O último descendente do (Clã) Otsutsuki foi Otsutsuki Toneri, que vivia na Lua. Ele tinha sequestrado a irmã mais nova de Hinata, Hanabi. Pegando seu Byakugan, Toneri havia planejado a queda da Terra.

Naruto foi gravemente ferido enquanto ele lutou contra Toneri. A situação convergiu em uma quando Hinata foi levada embora. Uma vez que Naruto havia se recuperado, ele esmagou Toneri. Eles tinham evitado a destruição da Terra.

Ao longo dessa missão, Naruto percebeu que Hinata era insubstituível e essencial pra ele. E então, ele disse a Hinata sobre os seus sentimentos.

(Depois) que Naruto retornou ao salvar a Terra com Hinata, eles se tornaram um casal de namorados.

―A notícia viajou por toda a vila em um instante.

Por um curto período de tempo, seus companheiros shinobi e os seniores estavam gracejando pelos dois. No entanto, esse tempo (no qual foram um pouco provocados pelos seus amigos) já tinha acabado.

No outro dia, (Sakura) tinha recebido um convite por escrito. Logo seria a cerimônia de casamento dos dois.

"Hey, que tal nós irmos juntos comer ramen, Sakura-chan?"

Naruto disse tal coisa enquanto ele abriu um sorriso. (Em resposta), Sakura suspirou de volta com, "Bem, sobre isso-".

Páginas 17 e 18

"Pra quê? (Por que) eu iria junto com vocês? Porque este é o ansiosamente e aguardado tempo de folga (de ambos). (Estou dizendo que você dois deveriam) ir a um encontro completo."

Sakura esgueirou-se para trás dos dois. Ela empurrou suas costas. Naruto e Hinata estavam andando pelas movimentadas ruas. Sakura os via como se tivesse olhando suas imagens por trás. Naruto estava contando algum tipo de piada, e Hinata estava rindo. Ao ver essas duas pessoas felizes, Sakura pensou consigo mesma:

―Eles são adoráveis.

Ela estava inconscientemente pensando nisso.

Mas havia algo que ela não poderia deixar de pensar.

Quanto a esses sentimentos e pensamentos (que ela não tinha transmitido a ninguém), eles foram obrigados a se amontoar no fundo do seu peito; então, (eles) se transformaram em suspiros. Em momentos como esse, sua mente sempre começava a pensar sobre o seu trabalho.

Eu realmente preciso (para mim) compilar esses documentos. Eu deveria examinar os relatórios escritos.

Antes mesmo de saber, ela notou que estava em seu 'modo de trabalho'. Sakura sorriu. amargamente.

―Hey, é por isso que Ino está preocupada (comigo)...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...