sábado, 11 de fevereiro de 2017

Sakura Hiden - Capítulo Sete: Seção Quatro (Tradução)

A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Ōsaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas.


Os capítulos da novela serão traduzidos para o português a medida que a versão em inglês seja liberada. Confira a quarta seção do capítulo sete abaixo. Para ver outras partes do livro acesse aqui.

A tradução a partir do capítulo seis, seção dois, foi realizada para o inglês por hisokasasss. O tradutor dos capítulos anteriores era OrganicDinosaur, que deixou de fazer a tradução dos capítulos finais.

------------------------------------------------------------------------------
Capítulo Sete: Seção Quatro

O número de caudas que Kido exibia era… Nove no total. No entanto, desta vez, não tinha como origem o manto de chakra.

'Isso poderia ser… Uma real transformação da besta de caudas?'

Sakura franziu as sobrancelhas.

Após consumir a droga da besta de caudas, as transformações que Kido sofreu foram, em grande parte, diferentes das de seus subordinados.

O seu volume de chakra multiplicou-se de forma explosiva, assumindo a forma de um véu púrpura, diferente dos outros, essa capa parecia ser um tipo de pele que cobria todo o seu corpo. Isto foi muito diferente das membranas translúcidas de seus subordinados.

Apesar de Kido exibir as nove caudas, ele não se parecia com a raposa demônio. Ao invés de uma besta de cauda, seria mais correto descrever ele como um monstro roxo.

"Eu sei que essa não é exatamente a forma mais elegante, mas eu espero que você possa dizer só de olhar, que meu poder é maior que o seu agora?", disse Kido. Para ser honesta, a aparência de Kido não era tão assustadora. No entanto, a quantidade de chakra que ele agora estava emanando era, sendo franca, bastante opressiva.

"Eu acho que sim", respondeu Sakura. "Estou um pouco arrependida de ter transformado essa luta em um-contra-um".

"Não se preocupe. Vou fazer de tudo para não matá-la. D
e qualquer forma, não será aqui. No entanto..." Kido desapareceu e reapareceu "... Sinto muito se você acabar morrendo." Sakura ouviu sussurrar em seu ouvido. 

"!!"

Sakura não teve tempo de se virar. Ela saltou para frente, e imediatamente depois, ela sentiu uma enorme rajada de vento sobre as suas costas. Ela percebeu que Kido havia chicoteando sua cauda de chakra.

Sakura ouviu a árvore que a cauda acabou batendo estalando e quebrando enquanto desmoronava. Sakura pousou em um galho grosso, e estabilizou-se ou 'tentou', de alguma forma. O galho debaixo dos seus pés foi destruído pela cauda de Kido.

Sakura foi lançada no ar. No entanto, em vez de aterrissar de volta no chão, uma cauda a chicoteou na horizontal e conseguiu um golpe direto nela.

Galhos atingiram Sakura, enquanto era atirada para as profundezas da floresta. Se ela não tivesse usado o seu próprio chakra como um escudo ao redor de seu corpo para suavizar o golpe, certamente ela estaria fora de combate.

Suas costas bateram no tronco de uma árvore gigantesca, interrompendo sua queda. Sakura deixou-se deslizar para baixo inclinando-se no tronco, mas imediatamente mudou sua postura para o contra-ataque.

Pulando do tronco e em ramos subsequentes, Sakura atacou Kido de frente.

"Você tem coragem!" Kido rapidamente atiçou suas caudas. Sakura desviou do caminho das lanças roxas que atacava, esquivando por um fio de cabelo e, finalmente, mudou sua posição para ficar de frente ao corpo de Kido...

E lhe deu um soco muito forte.

A pele exterior era sólida como uma rocha. Sakura sentiu como se o recuo do ataque em si estivesse prestes a quebrar seu próprio corpo em pedaços. No entanto, Sakura também podia senti-lo em seu punho que ela tinha conseguido um bom soco.

"Que poder aterrorizante você tem, para ser capaz de até mesmo me causar dano depois de eu ter consumido a droga bijuu. No entanto...", Kido sorriu desconcertantemente "Eu posso restaurá-lo de volta a ser como era". As rachaduras rapidamente se consertaram diante dos olhos de Sakura, e parecia exatamente como estava antes.

Sakura engoliu em seco.

Kido continuou: "É provável que a razão de você ter deliberadamente me separado de Magire é porque ele é um ninja médico... Mas parece que todo esse esforço serviu para nada”.

'Um tipo de armadura que era anormalmente dura, juntamente com capacidades regenerativas. Além disso, as nove caudas movimentavam-se de forma imprevisível... Nossa, e este nem foi o meu melhor...' Sakura pensou. 'Talvez eu tenha sido imprudente, não acho que isso foi o suficiente...'

Aquele que a colocou nesta confusão não foi ninguém além dela mesma, e esse não era o momento de se queixar.

Como prova disso, grandes fendas haviam se formado no ponto de impacto sobre o peito de Kido. Pequenos fragmentos começaram a se soltar e cair.

"Você poderia se render e aceitar a opção de morrer diante dos olhos do Sasuke? Não é algo tão ambicioso, mas as maiorias das ambições não são por amor afinal?"

"Você deve estar brincando". Sakura riu. "Em vez de morrer na frente de Sasuke, eu preferia apunhalar um ao outro e morrer assim".

"Apunhalar um ao outro?" Foi à vez de Kido a rir. "Você não tem nenhuma outra habilidade especial que não seja a sua força monstruosa. Diga-me, como você propõe nos apunhalar um ao outro?"

"Assim!" Sakura gritou enquanto ela ergueu o punho novamente.

Ela apontou outro soco no lugar que ela bateu antes, e sentiu que mais uma vez causou danos.

Rachaduras apareceram no ponto de impacto de seus punhos. No entanto, do mesmo modo como antes, visualizou lascas de pequenos fragmentos, mas o dano foi reparado imediatamente.

"Você tem quantidades impensáveis de força, mas neste momento você está sendo apenas irracional..." Kido formou um selo com as mãos. Era um selo que Sakura tinha visto antes.

'Estilo Raio! Armadilha Relâmpago!'

Um anel irregular de eletricidade foi disparado para cercar Sakura.

Eu não posso lutar contra isso, Sakura concluiu em uma fração de segundo. Aumentado pela droga da besta de cauda, e em comparação com a última vez que Sakura testemunhou, este jutsu estava mais rápido e também muito mais destrutivo.

No entanto, Sakura não recuou, mas em vez disso ela saltou para frente e mergulhou para se esquivar do ataque que se aproximava. Atrás dela, ouviu o grampo da armadilha se fechar com um estalo!

Kido não achava que Sakura iria se aproximar dele e, mais uma vez, recebeu seus punhos.

Desta vez, no entanto, as rachaduras não apareceram.

"E aí, você já cansada?"

"Não estou nem de perto disso!" Sakura gritou de volta, e continuou a golpear. Seus socos acertavam o alvo, mas nenhuma fissura aparecia. Ela puxou o punho de volta para lançar outro ataque, mas Kido falou.

"Eu não vou deixar você me socar para satisfazer seu coração, sabe?" E atirou suas caudas contra ela.

Sakura se esquiva.

Mais caudas se voltam contra ela.

Sakura se esquiva novamente.

No entanto, a próxima onda de ataques atingiu seu alvo.

Sakura foi jogada longe, e suas costas bateram contra uma árvore gigantesca. O ar foi tirado de seus pulmões, e sua consciência desapareceu por um momento. Ela caiu no chão, mas levantou imediatamente.

Kido também saltou para o chão.

Sakura endureceu seus punhos e atacou.

Um soco no peito de Kido, um soco no peito de Kido, era o único pensamento que atravessa sua cabeça.

"Lutar imprudentemente dessa forma só vai levar você a uma morte precoce!" Zombou Kido, enquanto ele atacava com uma enxurrada de caudas. Sakura se esquivou e se esquivou, mas apenas se esquivar não poderia levá-la para mais perto de Kido.

As caudas afiadas de Kido voaram diretamente para Sakura. No entanto, Sakura não os evitou. A cauda espessa perfurou o abdômen de Sakura com um 'swoosh’ alto, mas Sakura não deu atenção e continuou correndo em frente.

"Eu não vou morrer!"

'Arte Ninja! Criação do Renascimento!'

Um grandioso e poderoso chakra preencheu o corpo de Sakura, e certos padrões apareceram em seu rosto. As células no ponto onde a cauda atingiu e perfurou começaram a cicatrizar. No entanto, como ela foi perfurada pela cauda, a ferida não selou completamente.

"Sua vadia…!" Kido ficou freneticamente boquiaberto.

Foi apenas o mais breve dos momentos, mas Kido sentiu medo da kunoichi que o pressionava enquanto era empalado por uma de suas caudas.

Sakura reduziu a diferença entre ela e Kido, lançando socos repetidamente. Ele não havia sido pressionado desse jeito, Sakura conseguia atingir tantos socos quanto possíveis.

Sakura foi implacável. No entanto, nem uma única rachadura apareceu na casca grossa de Kido.

"Arrrrgh, Meeeeeeeeexa-se!" Kido rugiu, enquanto lançava sua cauda, perfurando Sakura.

Sakura deslizou, retirou a cauda e sua ferida foi rapidamente selada por Chakra.

"Estamos contando com nossas habilidades de auto-recuperação. No entanto, além de atacar com os punhos, o que mais você pode fazer? Se você está esperando os efeitos da droga esgotar-se, é inútil, porque eu tenho mais", Disse Kido enquanto suas caudas acenavam no ar ao seu redor.

"Você tem razão, eu não posso fazer muito mais do que isso. Eu só tenho meus punhos, e eles são as minhas únicas armas". Sakura retirou a sujeira com a mão borrando seu rosto, e Kido olhou de volta para ela.

"Eu não entendo. É tão inútil para você continuar, por que ainda tenta? Eu não entendo".

"Deveria ser óbvio." Sakura respondeu. "Eu só quero chutar o seu traseiro. Eu não vou deixar você fazer alguma droga estúpida com os olhos do Sasuke-kun. Eu não vou deixar você fazer qualquer droga da besta de caudas, nem vou deixar a sua fórmula em nenhuma corporação militar. Eu estou fazendo isso porque meus sentimentos... meu coração, não mudaram! É por isso que eu vou voltar a levantar e lutar com você quantas vezes for preciso!"

'É por isso que... Eu vou te dizer Sasuke-kun... Meus sentimentos quantas vezes for preciso!'

'Espera... O que?'

Sakura começou a se sentir um pouco fora de si e perturbada com o fato de que seus sentimentos por Sasuke de repente brotaram em tal momento e lugar.

O escudo duro de Kido não rachava, mesmo ela batendo muitas vezes nele. Sakura não pôde deixar de pensar que talvez Sasuke não iria retribuir seus sentimentos em relação a ela independentemente de quantas vezes ela se declarasse.

'...Não... Não havia nenhuma forma dele não retribuir.'

'A distância entre nós... Está ficando gradualmente mais curta'.

"
Até a próxima..."

'...Não vê? Nós chegamos até aqui'.

E agora, tem esta batalha com Kido. Sakura não podia abandonar toda a esperança agora.

Enquanto ela tiver chakra, ela iria continuar a golpeá-lo e socá-lo.

"Não importa o que faça, o resultado final será o mesmo. Antes mesmo de fazer qualquer dano a mim, seus punhos se tornariam inutilizáveis".

"Bem, eu sinto muito dizer isto, mas..." Sakura continuou, ela ganhava distância para outro soco. "...Já estou acostumada a fazer um movimento, e depois, ser jogada para trás e para baixo!"

Novamente Sakura saltou para frente e deu vários socos para baixo, na direção de Kido.

'Alcance-o! Alcance-o! Chegue até ele!' Desejou Sakura enquanto ela continuava a atacar.

Mesmo se ele tentar se esquivar, ou se proteger, eu tenho que continuar batendo no mesmo lugar.

Por uma fração de segundo, Sakura viu uma brecha na defesa de Kido, e não iria jogá-la fora, ela acertou um soco limpo. A sensação foi boa. Sobre o escudo exterior roxo, uma grande rachadura apareceu se partindo liberando um som alto.

'Sim!' Sakura gritou internamente e vitoriosamente.

Kido de repente abriu a boca e Sakura sentiu o perigo. Ela percebeu o que Kido parecia estar fazendo, ele estava carregando um feixe de chakra concentrado em sua boca.

'Isto não é bom...!'

Sakura pulou para trás, ela levantou os dois braços em forma de cruz e cobriu seu rosto.

'Isso é uma bomba bijuu?'

Imediatamente, Kido disparou a bola de chakra concentrada.

A esfera tinha sido comprimida dentro da boca de Kido. No momento em que foi liberada, a bola expandiu para cerca de um metro de diâmetro, e explodiu em direção a Sakura.

Sakura conseguiu se esquivar de um golpe direto, mas parte de seu corpo foi atingido. Sakura foi arremessada através da floresta.

Sakura quebrou vários galhos e finalmente parou de voar quando bateu numa pedra maciça.

Ela caiu no chão, e não podia levantar-se imediatamente. Doía respirar.

Depois de garantir que todos os seus membros ainda funcionavam corretamente, Sakura se levantou.

"Apenas desista. Seu corpo provavelmente não será capaz de evitar a próxima bomba bijuu. Você vai morrer".

"Eu nunca... vou... desistir..." Disse Sakura entre dentes. Sua voz parecia um pouco rouca. "Quero dizer, eu estou quase lá..."

Kido inclinou sua cabeça para o lado. "O que quer dizer com 'quase lá?' O que você está dizendo? Você está tendo problemas até mesmo de ficar em pé, enquanto eu estou completamente ileso. Você deve estar em desespero agora, e ainda está dizendo esse absurdo?".

"Ileso? Onde?" Sakura perguntou, com um pequeno sorriso formando em seus lábios.

Kido fez uma cara de chocado e voltou seu olhar em direção ao seu peito. Então ele viu.

Uma grande fenda que atravessava seu peito não havia se curado por algum motivo, com algumas outras partes rachadas.

"Ah? Que diabo é isso?" Kido entrou em pânico. "Por que isso não se cura?"

"Isso é porque as células nessa área em particular já morreram".

"Morreram...?" Quando Kido pronunciou essas palavras, mais partes da armadura resistente em seu peito começaram a descascar.

"Meus socos, tinha um propósito. Só fiz isso parecer inútil".

"...?" Kido estreitou os olhos.

"Enquanto eu estava implacavelmente tentando perfurar você, eu também estava fluindo o meu chakra de cura através de seu corpo. A verdade é que, no momento em que uma rachadura aparecia, eu injetava esse chakra. É por isso que do lado de fora, parecia que você não tinha tomado nenhum dano, e que meus punhos não eram nenhuma ameaça real."

"Você curou minhas feridas...? Por que você faria isso...?"

"Dessa forma as suas células morreriam mais rapidamente". Sakura respondeu sem rodeios.

"Para curar uma ferida é preciso fazer com que as células naquela área se dividam e formem novas células. É assim que você sela uma ferida aberta. No entanto, o número de vezes que uma célula pode se dividir é limitado. Sim, sua armadura impenetrável é dura. No entanto, se você cansar e forçar suas células a se dividirem incessantemente, suas células irão morrer, e essa parte se tornará vulnerável. É uma das aplicações práticas da técnica Criação do Renascimento".

"Garota estúpida, você acha que o jogo acabou só porque eu tenho uma ferida insignificante como esta?" A fisionomia de Kido mudou para uma expressão irritada.

Sakura cerrou os punhos. Assim como disse Kido, um buraco em sua armadura não significa que o jogo havia acabado.

'Mais um soco!'

Sakura correu para frente para dar um soco, seu último soco, com toda sua força, na rachadura da armadura.

Ela recuou seu punho, e mirou.

Em sua visão periférica, ela viu Kido abrir a boca mais uma vez.

'Segunda rodada da bomba bijuu!'

Sakura havia previsto isso.

"Haaaaaa!!!!"

A uma distância cerca de dez metros de onde estava Kido, Sakura baixou o corpo e bateu com o punho no chão.

A terra tremeu, e Kido violentamente perdeu o equilíbrio. Naquele momento, Sakura saltou bem na frente do rosto de Kido.

A porção especial do dia é de…

"SHANNAAAROOO!!!"

Sakura usou todo o seu chakra restante para este soco Oukashou (Colisão da Flor de Cerejeira), e mirou diretamente o peito de Kido.

Sakura podia sentir em seu punho que ela conseguiu um soco perfeito. Para confirmar os pensamentos de Sakura, o corpo de Kido partia grandes árvores e transformava pedras em pó conforme ele atravessava elas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...