sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Entrevista de Masashi Kishimoto para Cinema Today

Fonte: honyakusha

Confira na integra uma entrevista concedida por Masashi Kishimoto ao website Cinema Today. A entrevista traz uma bate-papo sobre o último filme da franquia, "Boruto -Naruto the Movie-", sobre os romances, adaptações Live Action e sobre o futuro do autor.

Filmes Deram Alguma Influência na Produção do Mangá


Pergunta (P): Na época em que "The Last -Naruto the Movie-" estreou em dezembro passado, parece que a produção do roteiro de "Boruto -Naruto the Movie-" tinha começado. Em abril, o spin-off (Naruto Gaiden ~O Sétimo Hokage e o Mês da Primavera Escarlate~) começou sua serialização de curto prazo, que tipo de programação foi essa?

Kishimoto (K): Eu terminei de escrever o roteiro do filme em torno do final de janeiro. Correções e afins foram adicionados posteriormente, sendo assim, em torno do final de fevereiro o trabalho do roteiro foi completamente concluído. Para mim, no entanto, desde do início de fevereiro foi o ponto de maior pausa no trabalho do filme, acho que comecei a fazer os desenhos para a serialização de curto prazo nesta época de fevereiro. A serialização de curto prazo começou com o ponto de decisão sobre os personagens. Isso porque você não pode definir uma história sem produzir os personagens. Depois que eu decidi o enredo inteiro, pensei sobre como cada semana seria.

(P): Agora, você já teve experiência com a supervisão e história na produção de um filme.

(K): Com "Road To Ninja -Naruto the Movie-" eu lidei com a composição, e em "The Last -Naruto the Movie-" fiz os design dos personagens e fui supervisor chefe da história. Porém, esta é a primeira vez que escrevi tudo, desde o início, incluindo as linhas.

(P): Houve diferença entre [a escrita] do mangá e do filme?

(K): Para mim, não tinha mudado essencialmente, porque quando eu era um novato, eu tinha estudado livros sobre como escrever roteiros de cinema.

(P): Filmes serviram de referência para o material do mangá.

(K): Há um monte de filmes que serviram como referência. Aquele da qual eu tirei a maior influência para a composição foi "The Rock (A Rocha)". Meus filmes favoritos são "Back To The Future (De Volta Para o Futuro)" e "The Never End Story (A História Sem Fim)". Além disso, eu gosto de histórias de herói, e uma referência é "Homem-Aranha". Mas há muitas outras obras que eu tomei como referência, isso é para aquelas não vêm à mente imediatamente (risos).

(P): Que tipo de influências você tirou dos filmes para o desenho?

(K): Desde a muito tempo, existe uma forma de escrita chamada kishoutenketsu (Nota: Kishoutenketsu é um método de escrito em quatro partes, que consiste de introdução, desenvolvimento, reviravolta e conclusão) para mangás, mas eu estava ciente da composição de três estágios. Por um longo tempo, eu tenho apreciado colunas de cinema em revistas. Há poucos livros de referência sobre mangás, então estudei os de filmes. Primeiro deixo os [leitores/espectadores] entenderem os personagens, em seguida, os envolvo nas três etapas, essa é a parte de "The Rock" da qual tirei como influência.

 Naruto Passou de Genin para Hokage!
A História de Fundo Inclui Romance


(P): Ambas, Naruto e Boruto são obras em relação aos personagens fascinantes, muito além dos personagens principais.

(K): No Gaiden de curta serialização, ChouChou era popular entre os meus superiores, meus assistentes, e os que me rodeavam. Para as partes onde Sarada carregaria um pesado fardo, pensei que ela iria alegrá-la, então tive que colocá-la, todos falavam tão bem dela. Eu não achava que ela seria tão popular, por isso fiquei surpreso. Em Naruto era Rock Lee junto com Jiraya, eu não tentei fazer isso conscientemente, mas eles se tornaram populares. A criação de personagens é bastante difícil, eu não entendo muito bem quando os personagens criados para serem populares não ganham popularidade, e personagens criados sem esse pensamento se tornam populares.

(P): Para você, Sensei, quais personagens são fáceis de trabalhar?

(K): Pensando assim "Eu quero que o personagem se comporte desse jeito" varia dependendo das circunstâncias, por isso é o mesmo para todos os personagens. Não há personagens especialmente difíceis. Embora Sasuke tenha sido um pouco mais difícil pois ele tinha muitas cenas e várias circunstâncias, e se não fossem feitas ele não teria funcionado. Por ter definido desde o início como os personagens seriam estabelecidos, eu não poderia fazer coisas que os personagens não devessem fazer.

(P): O que especificamente você quer dizer com isso?

(K): Digamos, por exemplo, que Sasuke é um personagem que gosta de chá, por isso, se o chá aparecer em uma cena, ele vai beber, mas se fosse suco, eu acho que ele não beberia pois ele não gosta disso. Mas seu eu transportá-lo em um ambiente onde a história não avançará se ele não beber suco, tenho que empregar um padrão diferente de quando o chá aparece ou não funcionará. Mas se for decidido que ele irá beber suco, sua imagem ficará confusa. Por isso acabei dando tantas circunstâncias diferentes para Sasuke, que aparece em muitas cenas.

(P): Entendo.

(K): Da mesma forma, Naruto não poderia falar palavras complicadas. Até certo ponto, se era algo que ele tinha experimentado estava tudo certo, mas se de repente ele dissesse algo desse tipo, sem que ele tivesse alguma experiência, seria uma mentira. Eu tinha decidido os personagens em primeiro lugar, caso contrário não seria um trabalho tão honesto.

(P): Durante a serialização, os romances dos personagens escritos foram decididos de antemão?

(K): Eu não estava muito consciente disso. Pensei em deixar as coisas acontecerem. Enquanto escrevia me perguntava como seria a união de Sasuke e Sakura. Eu não escrevi Sakura como heroína. Naruto era especial porque era o personagem principal, mas todos os outros personagens eram iguais, independentemente se eram personagens principais ou secundários. Os personagens decidiriam com base em quem eles viveriam na história. Mas ao longo do caminho, pensei que Naruto e Sakura eram diferentes. De alguma forma decidi seus romances em uma face muito precoce.

(P): Então você deixou que os personagens acontecessem.

(K): Da mesma forma que o início do romance não é muito consciente, você pode crer que não foi muito consciente para mim. Eu estava envergonhado em escrevê-lo, por isso, na verdade, havia partes que eu não queria escrever (risos). Em "The Last -Naruto the Movie-" o romance para Naruto foi escrito, eu estava feliz que as partes que eu mesmo não pude escrever puderam ser vistas no filme.

(P): Falando de Naruto, seu sonho de ser Hokage se tornou realidade, mas quando ele fez exame para se tornar um jounin?

(K): Naruto não se tornou um jounin. Ele se tornou Hokage como um genin. Sasuke não é um jounin nem chuunin, mas sim, desde que ele deixou a vila, um nukenin. Isso é o suficiente para eles (risos). Mas eu pensei que de repente ele passar de genin para Hokage seria divertido, e Naruto gostou.

Aprovação para uma Adaptação Live-Action de Naruto!?


(P): Além do filme, há muitas novidades para o projeto de abertura da nova geração, incluindo uma peça de teatro.

(K): Quanto a peça de teatro, há coisas que não estou familiarizado, então só posso dizer a minha impressão, ao invés de dizer sé é bom ou ruim, mas como a peça foi baseada na minha própria criação, achei interessante para assistir, e eu ri. Eu chorei quando vi minha própria criação. Quando os atores estavam atuando, suas emoções e atos estavam ligados, senti que era real. É diferente de quando se expressa em imagens. A forma como eles mostraram os dispositivos de ninjutsu foi interessante, e a atmosfera que circulou naquele lugar foi divertida.

(P): Se um action drama ou um filme live action de Naruto surgir, como você se sentirá sobre isso, Sensei?

(K): Eu aprovaria muito. Eu acho que se tornaria algo diferente do anime. Acho que os fãs iriam tratar a interpretação dos atores como um trabalho diferente. Em contraste com a peça de teatro, o filme live action seria algo mundial e todos poderiam ver, ficaria feliz se as história fosse feita.

Masashi Kishimoto Daqui Para Frente


(P): Boruto foi iniciado, e você está em um ponto de parada com a história de Naruto, como você está se sentindo atualmente?

(K): Eu me sinto um pouco mais livre. A serialização de curto prazo terminou, eu estou produzindo apenas os desenhos para o livreto (Zai no Sho), então posso dizer que estou me sentindo muito à vontade. Sob a pressão de chegar até esse ponto, ganhei uma constipação e uma dor nas costas, as minhas costas estavam tensas, mas mesmo que tenha sido curado, estou experimentando a alegria do meu corpo ser libertado. Minha mente e corpo juntos se tornaram saudáveis (risos).

(P): A pressão da serialização é bastante considerável.

(K): Eu me acostumei com isso. Era uma posição que eu sempre tinha perseguido. Mas eu não poderia relaxar de fato meu coração.

(P): O que você vai fazer agora, Sensei?

(K): Primeiro, vou brincar com meu filhos, acho que vou jogar tênis. Além disso, quero ver um monte filmes novos no cinema.

4 comentários:

  1. KISHIMOTO EU E MINHA IRMA SOMOS FAS DO ANIME NARUTO E QUERIAMOS SABER SE O MENMA IRA APARECER EM ALGUMA PARTE DO FILME BORUTO NARUTO THE MOVIE ASSIM QUE POSSIVEL ME RESPONDA

    ResponderExcluir
  2. Não vai aparecer não, o Menma está no mundo dele lá kk

    ResponderExcluir
  3. Não acredito que Naruto acabou eu desde pequena eu assistia, naruto az parte da minha história, de quem eu sou.Fiquei muito triste com o final mas valeu a pena ter conhecido.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...