terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Masashi Kishimoto e Hiroaki Samura - Entrevista Parte 1 (Tradução)

Fonte: mangabrog

Abaixo encontra-se a entrevista de Masashi Kishimoto (Naruto) e Hiroaki Samura (Blade - A Lâmina Imortal) concedida a Shonen Jump + (conteúdo digital da Shonen Jump). Confira as três partes da entrevista em japonês (parte 1, parte 2 e parte 3).


INTRODUÇÃO

"NARUTO" encerrou-se em novembro de 2014. Seu autor Masashi Kishimoto-sensei, antes de sua estreia, recebeu influências significativas de várias séries de mangás. Um deles é Hiroaki Samura, conhecido por seu trabalho em "Blade - A Lâmina Imortal". Desta vez, para comemorar a conclusão de "NARUTO", os sensei Samura e Kishimoto irão bater um papo sobre o trabalho e a criação um do outro.

-------------------

Kishimoto: Este é um grande sonho que tornou-se realizada para mim. Eu sempre sonhei em conhecê-lo. 

Samura: Isso é algo bonito de se falar (risos).

Kishimoto: Não — sério. Eu gosto de seu trabalho desde de que eu estava na universidade, e... nossa, como vou falar isso? Tenho tanto coisa para dizer a você. Realmente não vamos nos incomodar falando sobre Naruto! Sério! Eu só quero falar sobre Blade - A Lâmina Imortal (risos).

Samura: Vamos lá (risos).

Kishimoto: Ainda me lembro quando vi Blade - A Lâmina Imortal pela primeira vez na Afternoon (nota: Monthly Afternoon): eu estava em meu primeiro ano de universidade na graduação em arte e estava vivendo em um dormitório, e os outros alunos começaram a falar sobre este incrível mangá, algo como: "Kishimoto, você quer se tornar um artista de mangá, certo? Então é melhor você dar uma olhada nessa coisa." Na época eu estava fazendo um mangá sobre samurais também, e percebi que poderia dar uma olhada e ver se eu pudesse pescar alguma coisa, ma descobri que essa coisa estava em um nível totalmente diferente.

Samura: Oh, isso não é totalmente verdade (risos).

Kishimoto: Não é sério! A arte é tão boa. Foi um choque. Sabia que não poderia competir com algo assim, então decidi abandonar o mangá de samurai e mudar o gênero também.

Samura: É uma pena que você se sentia assim — a Jump poderia ter produzido uma obra-prima samurai.

Kishimoto: Bem, Rurouni Kenshin estava começando naquela época também (risos). De qualquer forma mudei um pouco a linha para um mangá de ninja.

Samura: A escolha de ninjas acabou por ser uma jogada brilhante — os ninja em Naruto conseguiram uma legião de adoradores fora do Japão.

Kishimoto: Exatamente — Fiquei surpreso por tantas pessoas fora do Japão gostarem dos ninjas. Embora, até mesmo no exterior, há...bem, eu já vi comentários de Naruto no exterior, e um deles era de uma cara que realmente odiava. Eu estava assistindo a esse vídeo no Youtube e ele estava sentado e falando, e a parede atrás dele estava coberta de cartazes de Blade - A Lâmina Imortal (risos). Gostaria de dizer para esse cara que estou falando frente-a-frente com seu amado Samura agora (risos).

Samura: (risos) Sim, isso às vezes acontece, alguém comparando minha obra com outra de gênero similar apenas para falar mal e elogiar meu trabalho, realmente gostaria isso parasse. (risos) É embaraçoso. Não entendo isso.

-------------------

Kishimoto: De qualquer forma, não tinha sido surpreendido dessa maneira desde Akira. Quero dizer, que artwork! Era tão longe de qualquer coisa que eu era capaz de fazer. Os braços e as pernas, especialmente. Afternoon tinha uma seção para os artistas, eu ainda me lembro de um personagem sentado em uma cadeira que você desenhou lá.

Samura: Ah, me lembro disso! Levei um longo tempo (risos).

Kishimoto: Sou apenas quatro anos mais novo que você, mas ele (desenho) me fez questionar quanto tempo teria que desenhar, afim de recuperar o tempo perdido e alcançar seu nível.

Samura: Você sabe, eu comecei a ler Naruto no meio da série, mas você me surpreendeu pela capacidade elevada de desenho básico.

Kishimoto: Isso não é verdade...Oh, caramba...(se contorce de constrangimento).

Samura: É isso mesmo. Então me perguntei como você tinha começado, então busquei o primeiro volume para ler. Parecia diferente, é claro, mas mesmo assim você estava longe de ser apenas mais um estreante meia-boca.

Kishimoto: Mas eu tinha um monte de influências suas, não acha? Me apaixonei por Akira na escola secundária, e depois na universidade, caí de amores por seu trabalho, eu tirei muito coisa do seu trabalho. Quando eu conheci Osamu Akimoto de Kochikame, ele comentou sobre a minha influência por Blade - A Lâmina Imortal. As roupas e os penteados — como no caso de, "Kakashi  é Magatsu, e Iruka é Manji, certo? Eu amo esse mangá também, então posso dizer". 

Comparativo entre personagens de Naruto e Blade - A
Lâmina Imortal (imagem não contida no material original).

Samura: Oh, Isso mesmo?

Kishimoto: Você me influenciou em como desenhar mãos também. Fiquei espantado com a mão segurando uma arma no capítulo original de Blade - A Lâmina Imortal — a linha que vai do dedo indicador ao polegar, realmente você capturou bem os detalhes. Me deu arrepios.

Mão desenhadas por Hiroaki Samura
em 
Blade - A Lâmina Imortal (Volume 1).

Samura: Eu também fui influenciado por outras pessoas no desenho de mãos. A primeira vez que li um mangá pensei: "Agora aqui está alguém que pode desenhar mãos," era Yoshikazu Yasuhiko. Eu olhava para Arion achava aquilo tão bom.

Kishimoto: Mãos realmente é algo que você não pode deixar de notar.

Samura: Elas chamam atenção em qualquer mangá, Você, no entanto, é realmente bom em desenhar mãos.

Kishimoto: Oh, elas foram emprestadas de você. Um dos meus assistentes tinha, aparentemente, visto meu mangá one-shot Karakuri e pensei que tinha feito um grande trabalho nas mãos, mas depois quando disse que estava reproduzindo mãos de Hiroaki Samura ele disse: "Ah, sim... Eu sei. Eu...bem" (risos). Era tão óbvio.

Detalhes no dorso na mão de Iruka em Naruto, tiveram 
influência de Hiroaki Samura (Volume 1).

Samura: Comigo, por exemplo, quando desenho as mãos adiciono linhas no dorso para mostrar os tendões. É um hábito meu, para o melhor ou para o pior. Você, no entanto, apenas desenha o contorno das mãos, mas você ainda consegue transmitir a superfície do dorso nas mãos. Isso é impressionante.

Kishimoto: Tudo que eu fiz foi simplificar as mãos que você faz.

Samura: Mas o que importa é saber onde simplificar. É incrível como você pode conseguir isso com simples linhas.

Com o tempo o traço ficou mais limpo, mas mantendo a firmeza
(Volume 29).

Kishimoto: Apesar de tudo, sua arte é realmente original. A maioria das pessoas adquiri influência de outras pessoas, mas você tinha um estilo original.

Samura: O mangá que eu estava desenhando quando eu era estudante foi puxado de Katsuhiro Otomo (nota: autor de Akira), na verdade — eu desenhei as sombras no estilo Otomo, onde você faz as sombras dos personagens através de aplicação de retícula (risos). Eu percebi que poderia ser um problema essa semelhança de estilo e tentei mudar um pouco as coisas, e comecei a desenhar em um estilo mais áspero e um pouco arranhado.

Kishimoto: Bem, minha cabeça explodiu.

Samura: Parte disso, eu acho que é pelo fato de não usar uma "dip pen" como eu deveria (risos). Eu concebi a série com um "brush pen" e uma "micro pen", simplesmente porque era mais rápido (risos).

Kishimoto: Nossa — eu nunca pensei que você tivesse desenhado com uma Pigma "micro pen". Durante muito tempo, eu e um amigo batemos cabeça para descobrir com o que você desenhava. Ele pensou que poderia ser uma "micro pen", mas estupidamente disse a ele que não havia maneira de fazer as linhas do olhar da maneira como foi feita com uma "micro pen"; depois, lemos que era verdade, era exatamente o que você utilizava, foi um choque.

Samura: Bem sensato esse amigo (risos).

-------------------

Kishimoto: Os personagens de Blade - A Lâmina Imortal são ótimos. As meninas são realmente bonitas, e todas parecem tão distintas umas das outras. Você não acha difícil distinguir personagens femininas?

Samura: Sim, sou ruim nisso também. Com os homens, você pode diferenciá-los de um monte de maneiras diferentes, quando você olha de perto percebe o quão feio eles se tornaram. As mulheres, no entanto — procuramos fazê-las bastante bonitas, e seus rostos começam a ficar parecidos.

Kishimoto: Mas você consegue dar uma aparência distinta para os personagens — as formas dos olhos por exemplo. A única exceção é, enquanto os rostos são diferentes, você procura desenhar todas com seios pequenos (risos).

Samura: O tamanho e a forma tendem a ser os mesmos, sim (risos). Você gosta de seios pequenos ou grandes em mulheres?

Kishimoto: Eu prefiro os grandes, na verdade.

Samura: Uh (risos). Você sabe que vamos desenhar o mangá um do outro após essa conversa, certo? Bem, eu estava me perguntando quem eu deveria desenhar, e meu assistente me disse que poderia facilmente me imaginar desenhando uma personagem Hinata, ele também me disse que eu deveria tentar desenhar a Tsunade, ou um personagem masculino, como Chouza ou algo do tipo. Alguém com os peitos grandes para variar, disse ele (risos).  

Kishimoto: (Risos).

FIM DA PARTE 1


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...