quarta-feira, 7 de junho de 2017

Sakura Hiden - Capítulo Oito: Seção Um (Tradução)


A novela "Naruto - Sakura Hiden: Shiren, Haru Kaze ni Nosete" (Naruto - Sakura Hiden: Pensamentos de Amor e Saudade, Passeando na Brisa da Primavera), autoria de Tomohito Ōsaki, foi lançada em 03 de abril de 2015 no Japão. O livro contém 224 páginas.

Os capítulos da novela serão traduzidos para o português a medida que a versão em inglês seja liberada. Confira a primeira seção do capítulo oito abaixo. Para ver outras partes do livro acesse aqui.

A tradução a partir do capítulo seis, seção dois, foi realizada para o inglês por hisokasasss. O tradutor dos capítulos anteriores era OrganicDinosaur, que deixou de fazer a tradução dos capítulos finais.

------------------------------------------------------------------------------
Capítulo Oito: Seção Um

O som da colisão ecoou por entre as árvores, e depois de um tempo a floresta finalmente caiu em silêncio.

Sakura começou a andar na direção onde Kido voou.

Kido foi encontrado deitado em frangalhos em uma pequena clareira da floresta.

Sakura lentamente, mas sem baixar a guarda, se aproximou de Kido.

Ele provavelmente estava inconsciente, porque seu manto da besta de cauda já tinha diminuído e ele estava com seu equipamento básico para a missão.

Nesse ponto, Sakura ouviu a voz de Ino chamar seu nome de cima, no céu.

Erguendo a cabeça, ela viu três pássaros voando acima dela.

Em suas costas estavam sentados Sai e Ino, em seguida, Kakashi, Naruto e Hinata, e ela observou enquanto desciam.

"Kakashi-Sensei... Pessoal..."

"Desculpe, estamos atrasados", disse Kakashi, atrás dele Naruto perguntou "Você está bem, Sakura-chan?".

"Sim, de alguma forma, eu estou bem."

"Bom trabalho, por derrotar esse cara sozinha", Kakashi disse enquanto olhava a forma inconsciente de Kido.

"Estou meio tonta", disse Sakura enquanto sorria ironicamente. A verdade era que seu chakra estava quase chegando à zero.

"Então, o que houve com Magire?", Perguntou Sakura e Sai respondeu, "Ino e eu lidamos com ele".

"Ele foi contido e imobilizado graças a minha anestesia, no entanto, por segurança o bunshin de Sai está vigiando ele", acrescentou Ino.

Enquanto Ino terminava de falar, um som fraco "ughhhghhh" podia ser ouvido, esse som vinha de Kido, que até agora parecia mais ou menos inconsciente.

"Kakashi, o que você...?"

"Pare com suas tentativas inúteis de estragar tudo, se você fizer um movimento em falso, eu vou te matar", respondeu friamente Kakashi.

Kido estalou a língua.

"Sakura-chan, é esse cara que você disse que estava tentando fazer alguns medicamentos estranhos ou algo assim?", Perguntou Naruto.

"Sim, usando o seu cabelo e o de Sasuke."

"Ecaaaaa, que noooojo!" Naruto cuspiu enquanto mostrava a língua. "A droga da besta de calda e a droga Sharingan, não é? Isso é algo nojento, se algo assim se espalhasse pelo mundo seria uma fonte de problemas intermináveis. Se arruaceiros acabassem recebendo um ganho de poder com tanta facilidade, ficaria muito mais difícil derrotá-los também", Kakashi deu de ombros.

"Tudo bem, nós conseguimos colocar um fim à droga de Sharingan, certo?", Disse Ino.

"Quanto à droga Bijuu, uma vez que fizermos uma busca completa de seu esconderijo, devemos ser capazes de encontrar e confiscar todos eles de uma só vez", acrescentou Sai.

"Isso é verdade. Podemos passar essa tarefa para o pelotão de interrogatório e..." Kakashi cortou no meio da frase e estreitou os olhos. Uma mensagem chegou a ele por meio da técnica de transmissão de mente, vinda de um pelotão estacionado nas fronteiras da vila. Kakashi colocou as mãos em suas têmporas e começou a comunicação com o outro lado. "Pode deixar comigo".

Kakashi terminou sua conversa e se virou para Sakura e os outros. "Alguns membros mascarados da Anbu parecem ter deixado a aldeia".

"A Anbu?"

Kakashi assentiu com a cabeça, e virou seu olhar para Kido.

"Seus subordinados?"

Kido riu levemente. "No meu esconderijo, há um dispositivo que reage com as oscilações do meu chakra. Se o meu chakra ficar excepcionalmente baixo, ele irá disparar um alarme. Quando o alarme dispara, ele alerta os meus subordinados na aldeia para deixar a vila imediatamente com suas drogas nas mãos".

"Bem pensado." Disse Kakashi enquanto estalava a língua.

"Você acha que conseguiu ganhar só pelo fato de que seus subordinados foram os únicos que conseguiram escapar? Você vai para a prisão", disse Sakura.

"A responsabilidade por perder a batalha recai sobre meus ombros. Eu vou aceitar ser preso. No entanto, em troca, os meus subordinados irão proliferar a droga no meu lugar. Essa é a minha vez de se vangloriar." Disse Kido enquanto dava uma risada profunda.

"Onde seus subordinados estão indo?" Kakashi perguntou.

"Você realmente acha que eu iria responder a isso? Eu sou..."

"Nunca pensei que faria, nem por um momento. É por isso que você vai dormir agora." Kakashi falou enquanto desferia um golpe preciso na parte de trás no pescoço de Kido. Kido imediatamente caiu inconsciente.

"Vamos persegui-los o mais rápido possível. De acordo com o pelotão de fronteira, eles atravessaram a fronteira norte da aldeia. Sai, você irá com seu pássaro."

Acenando com um forte "Sim", Sai chamou suas aves e subiu em uma delas que estava esperando no céu acima deles.

Kakashi e Naruto formaram selos, e convocaram clones das sombras. Depois de dizer um rápido "Deixo isso com vocês" para os seus clones, Sakura e os outros saltaram sobre as costas das aves.

Os pares foram divididos em Sai e Ino, Kakashi e Sakura, Naruto e Hinata, e as aves subiram para o céu e se dirigiram ao norte.

"No final, algo assim tinha que acontecer, caramba..." suspirou Kakashi.

"Me pergunto se podemos alcançá-los” Ino disse preocupada sobre o pássaro ao lado de Kakashi.

"Se eles usarem alguma droga bijuu, eles podem atingir velocidades muito elevadas. Sendo honesto, não temos uma chance muito grande de pegá-los." Acrescentou Sai.

"Hinata, se você ver qualquer coisa, por favor, nos avise", disse Naruto.

"Sim!", Respondeu Hinata. Depois de um tempo bem curto, de repente ela levantou a voz "Aah!".

"Às 10 horas! Eu vejo fogo!".

"Fogo?!", Perguntou Kakashi.

"Sim, e um monte de pessoas inconscientes..." 

O grupo mudou o curso de seu vôo e seguiram em frente ainda mais rápido do que antes.

Finalmente, Sakura e o restante do grupo podiam vê-los também.

As planícies abaixo deles estavam cheias de um número incontável de pessoas caídas. Mechas finas de fumaça se levantavam da área ao redor deles.

"O que diabos é isso!?", gritou Ino.

"Vamos descer!", Disse Kakashi, as aves começaram a diminuir sua altitude.

Todo mundo pulou das costas de suas aves e começaram a correr em direção à cena no momento em que pousaram no chão.

As pessoas caídas eram todos os desertores da Anbu.

'Não houve nenhuma morte, mas o chakra de todo mundo estava confuso e sua consciência nublada. Parecia que eles estavam presos em algum tipo de Genjut... Genjutsu...!????'

A respiração de Sakura ficou presa na garganta e ela rapidamente esquadrinhou os arredores.

Profundamente dentro das sombras da floresta, por uma fração de segundo, ela pensou ter visto a silhueta de alguém correndo. A silhueta de alguém correndo muito rápido com o cabelo embrulhado parecendo com um turbante.

Sakura de repente tinha vontade de gritar.

No entanto, num piscar de olhos, a silhueta tinha sumido tão rapidamente como tinha aparecido.

Sakura aguçou os olhos e sentidos, mas ela não podia mais sentir qualquer presença de pessoa ou chakra.

'Foi apenas a minha imaginação?'

Não, não, não, não pode ser...

De repente, a voz de Ino cortou seus pensamentos.

"Ei, o que você acha que foi isso? O que aconteceu aqui?"

"Hmmm. Parece que... Antes de chegarmos aqui, havia alguém que já tinha dado conta desses caras para nós", respondeu Kakashi enquanto cruzava os braços.

"Alguém tomou conta desses caras para nós...?" repetiu Ino.

"Vocês não entenderam?" Kakashi sorriu enquanto perguntava ao time sete.

Sakura disse "Sim!", enquanto ela abria um grande sorriso, enquanto Naruto ria "hehehehe"... Enquanto esfregava o nariz com as costas da mão.

Parecia que Sai tinha percebido também, e acenou com a cabeça enquanto sorria.

'Os restos de um Katon no Jutsu (Estilo fogo), os Anbu desordeiros presos em um Genjutsu, e... Mesmo que fosse apenas uma alucinação, a silhueta que ela viu na floresta'.

"Ehhhhh, o queeeeeee? Você não quer dizer... Sasuke-kun...?!!" Gritou Ino.

"Bem, sim." 

"O verdadeiro? Você está falando sério!?"

"Bem, esse com certeza é o verdadeiro!", Riu Kakashi.

"O que? Por que Sasuke-kun estaria num lugar como este?"

"Ele voltou de suas viagens, não foi? E depois, partiu novamente", acrescentou Sai.

"De jeito nenhum, isso seria muito frio da parte dele, certo? Quero dizer, a nossa aldeia está bem ali. Ele poderia ter ficado para dizer um 'oi' para nós, pelo menos. Certo, Sakura?"

"Sim... Também acho", respondeu Sakura, mas de alguma forma ela não se sentiu abandonada. Mesmo que Sasuke tenha no começo dito algo como "Vocês devem resolver seus problemas" e não mostrar mais interesse no assunto, ele acabou voltando no final das contas. Sakura estava feliz só por saber que ele voltou.

No caminho de volta para a aldeia, Sasuke encontrou o grupo de desertores da Anbu e suas drogas bijuu. Eles lutaram, Sasuke venceu a luta com seu Katon e Genjutsu. Usando seu Sharingan, ele foi capaz de olhar para as memórias de seus oponentes. Ele provavelmente olhou as memórias de alguém deitado agora a pouco. A partir daí, ele foi capaz de ver que o grupo de Sakura tinha lutado contra Kido, que o chakra de Kido estava extremamente baixo, e que um alarme foi desencadeado, alertando os Anbu para deixar a aldeia. Sendo assim, Sasuke havia partido novamente.

Sakura gostava de imaginar que Sasuke estava neste mesmo lugar apenas há alguns minutos atrás.

"Quero dizer... Voltar para a aldeia e resolver o problema, e dar o fora novamente... Isso é tão... Sasuke", Naruto deu de ombros.

"Isso é verdade", concordou Sakura enquanto ela dava uma risada suave.

No entanto, foi muito bom poder sentir o eco da presença de Sasuke.

"Sabe, assim que vocês derrotaram Kido, eu achei que finalmente era a minha vez de brilhar. No entanto, parece que Sasuke roubou minha cena", disse Kakashi lamentavelmente enquanto ele balançava a cabeça.

"Se você tem tanta energia para queimar, por que você não volta para casa a pé, Sensei? Nós voltamos para casa com os pássaros". Disse Sai, e Kakashi imediatamente respondeu: "Nós não podemos fazer atividades cansativas inutilmente, certo? Isso é algo que o Gai diria".

Ao ouvir o Hokage falar, todo mundo começou a rir.

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...