sábado, 10 de outubro de 2015

Entrevista de Masashi Kishimoto (Revista Entermix)

Confira abaixo a entrevista na integra de Masashi Kishimoto, criador do mangá Naruto, para a edição de outubro da revista Entermix, realizada em 20 de agosto de 2015.


Entrevista Urgente! O término de NARUTO e uma nova jornada!

Entrevistador (E): Após o termino do mangá original, por que você decidiu desenhar "Naruto Gaiden"?

Kishimoto (K): Na série original "Naruto" mostrei aos leitores como as pessoas assumem os laços de amizade, mas o tema família não saía da minha cabeça. Então decidi abordá-lo no spin-off do filme e mostrar às crianças com laços familiares e sentimentos.

(E): Quanto ao número de capítulos do "Gaiden" como você os definiu?

(K): Desde o início, eu e os superiores decidimos que a série seria curta. O pessoal do editorial me disse para desenhar uma série de 60 páginas no total, apenas três capítulos. Mas eu sabia que em três capítulos, eu não conseguiria desenhar metade do que tinha concebido, por isso, os dez capítulos. A ideia do "Gaiden" era que fosse um livreto bônus para o filme, mas o seu tamanho era muito grande, por isso seria difícil utilizá-lo como presente para o público e o "Gaiden" virou um curto spin-off na Jump. Na verdade, eu queria dizer adeus em um bonito capítulo 700, e foi muito embaraçoso notificar os leitores sobre uma série de curto prazo na primavera (nosso outono), mas agora eu já esqueci disso mesmo (risos).

(E): Você fez a Sarada como personagem principal no spin-off, enquanto que no filme foi Boruto?

(K): Sim. Após a conclusão da história original, minha primeira tarefa era escrever o roteiro para o filme, e depois disso eu precisava começar a trabalhar nos capítulos adicionais do "Gaiden", no processo de edição, foi decidido que o lançamento do "Gaiden" seria antes do filme, para que os relacionamentos entre eles (Boruto e Sarada) fossem mais visíveis. Eu tinha decido há muito tempo atrás que Boruto seria o protagonista do filme, portanto, não seria utilizado como personagem principal no "Gaiden", em vez disso, tornou-se Sarada.

Eu me tornei produtor executivo chefe do filme, assim como no ano passado, quando escrevi a relação entre Naruto e Hinata para o décimo filme. Depois de assistir a pré-estreia de "The Last", os fãs me disseram que gostariam de ver a relação entre Sasuke e Sakura, então eu disse brincando: "Sua história é bastante complicada, você ainda querem saber?" E a resposta foi "Nós queremos!" (risos). 

Depois disso fui convidado para participar do programa "Mando Kobayashi", enquanto observávamos o óculos de Sarada, ele me perguntou: "Ela tem o mesmo óculos que Karin, qual é a relação?" Mas o engraçado é que ele não foi o único, havia notado na internet muita discussão sobre este tema. Então comecei a criar uma ideia de que Sarada e Karin tivessem alguma ligação, eu não havia pensado em escrever sobre isso. 

Bem, depois de tudo o que foi dito, eu queria criar um pequena ligação entre Sarada e Karin, que servirá como tema de toda a história da curta série. No início da história ela começa a se perguntar sobre quem é sua mãe verdadeira, parece interessante para mim, afinal, eu queria mostrar o que aconteceu com Orochimaru e a Equipe Taka. Inicialmente o aparecimento de Karin levaria ao Orochimaru e a Taka. Para a história, adicionei o código DNA, que me permitiu criar idéias para a história.

Originalmente não planejava dar muitas cenas para Boruto, mas não espera que, eventualmente, ele tivesse um papel tão pequeno, foi algo me deu embaraços com o leitor, porque os anúncios da Jump vinham com "Conheça o filho de Uzumaki Naruto, Boruto!", que fortemente apresentava-se como protagonista da série. Mas no fim ele ficou a margem e isso foi determinado numa altura em que a série tinha começado a ser impressa (risos). Meu coração doía com a tensão e a inquietação, e meu editor disse, que os resultados indicam que os leitores acreditavam que o spin-off seria dedicado ao Boruto.

(E): Então foi assim (risos). Mas, apesar disso, os comentários sobre o "Gaiden" ainda permaneciam bons.

(K): Embora a participação de Boruto no "Gaiden" pareça um pouco limitada, no filme terá significado. O fato do spin-off ter apenas dez capítulos, me fez sentir muita pressão, o spin-off não sobre a história de adversários fortes e cenas de lutas marcantes, eu decidi mostrar aos leitores uma história de família com Sarada e suas mudanças morais e psicológicas, eu queria mostrar a relação entre Sasuke Sakura, e depois mostrar Boruto. O início do "Gaiden" lembra uma telenovela, por causa da história com os óculos de Sarada e Karin e a foto, algo que eu não esperava. Muitos acreditam que essas histórias não adequadas para o formato da Weekly Shonen Jump, mas eu acredito que essas história trazem um contraste e permiti aos leitores experimentar novas emoções.

(E): Os heróis da nova geração são completamente diferentes, como a criação deles começou?

(K): Boruto e Sarada, e Naruto no papel de pai, foram concebidos há um longo tempo atrás, as outras crianças foram criadas no final do mangá. Estou contente que finalmente posso retratá-los em um história separada. Com uma nova geração de crianças e os casais definidos, acho que os fãs foram capazes de recebê-los bem, a não ser o casal Chouji e Karui, os fãs costumam perguntar "Porque diabos estão juntos?" (risos). Na minha imaginação de autor, Karui tem uma personalidade muito simples, e quanto ao casamento com Chouji ela concordou rapidamente. Eu até imaginei Omoi, tentando dissuadi-la dizendo "Casamento, é uma péssima ideia.", e ela respondendo: "Bem, por que não?". E Chouji muito contente por eles se tornarem um casal.

(E): Há algo mais em complemento do que foi dito?

(K): O aspecto do ninja do departamento científico (Katasuke), que utiliza dispositivos especiais para desenvolver técnicas, é claro, embora fosse muito útil (dispositivo), ele não está se esforçando para crescer como ninja, ele nega completamente os princípios do ninja. Usando o dispositivo você não precisa se preocupar em lutar por alguma coisa, é um pouco estranho, perde-se o interesse e a motivação, na realidade, há muitos problemas desses. Por exemplo, antes as pessoas tinham que aguardar para comprar o mangá, e agora está disponível gratuitamente na internet. Compromisso e experiência tornam-se sem sentido. Essas coisas são bastante problemáticas, inclusive para os autores. Tentei expressar isso através do filme.

(E): Não tinha ideia que o filme traz esses profundos problemas sociais.

(K): Acho que acidentalmente comecei a falar sobre temas difíceis (risos). Em geral "Naruto" é um mangá descontraído, embora tenha muitas ideias a parte das lutas e batalhas, mas a essência não é violada, mas pode haver sim.

(E): "Naruto Gaiden" terminou, com o filme lançado "Naruto" também chegou ao fim, embora acho que para os fãs não será o suficiente.

(K): Como escritor acredito que a história de "Naruto" está completa. Desenhar "Naruto" para o formato de revista semanal, por todos estes 15 anos, se tornou algo muito pesaroso em cada prazo de entrega, no final senti que meu corpo já não me obedecia. Mas eu me esforcei ao máximo para desenhar o final. Quando percebi que finalmente estava livre de uma série semanal de 15 anos, minha mente e meu corpo encontrou a paz. Na verdade, eu não sabia que tinha pela frente mais dez capítulos do "Gaiden", tive que criar os casais para o filme, que se revelou bem mais complicado de se fazer. Eu relaxei após 15 anos de trabalho, de repente, os nervos voltam a ficar tensos, deste vez, por causa desse momento de descanso o trabalho foi muito mais difícil do que o esperado. Eu combinei a escrito do roteiro do filme com os desenhos do mangá, chegou o momento que esqueci como desenhar. Eu me perguntava: "O que eu faço? Como desenho mangá?!" (risos). Senti como se você um novato novamente, indo aos poucos, de volta ao início. Como um mangaká experiente eu deveria superar a data limite, mas estava atrasado. Apesar de ser dez semanas, psicologicamente estava cansado por mais de 15 anos.

(E): Então, para você fica mais difícil desenhar mangá no formato semanal.

(K): Sim. Suponha que eu queira desenhar um mangá, duvido que eu possa trabalhar em um formato semanal (risos). Mesmo que eu faça os desenhos apenas, haveria uma série de dificuldades com a edição, e não estou familiarizado com esse formato.

(E): Então, é esperado, por exemplo, um formato mensal?

(K): Eu posso lhe dar o exemplo da Jump +. Não são tão rigorosos com o número de páginas por capítulo, por conta da publicação em intervalos que permite alterações, este é o meu formato favorito. Agora que finalmente tenho mais tempo, posso encontrar inspirações entre as diferentes artes. Eu quero mais uma vez sentir obsessão por algo como em meus tempos de estudante, quando li pela primeira vez "Akira".

(E): No que diz respeito ao retorno ao trabalho, qual gênero de mangá o sensei mais se interessa agora?

(K): Eu já decidi sobre o que vai ser o meu próximo projeto. Estive pensando sobre algo diferente, a minha próxima criação será no gênero de ficção científica.

Até agora, nem todos os detalhes foram elaborados e o novo projeto permanece em segredo, mas eu projetei os personagens. O personagem vai ser muito diferente do que você já viu antes, podemos dizer que você nunca viu algo assim antes em mangás. Quero novamente trazer o pensamento sobre a diferença enquanto eu escrevo, e o que os leitores observam, enquanto leem o meu trabalho. Comecei a pensar sobre isso, durante a criação da one-shot "Naruto" (capítulo piloto).

"Naruto" tornou-se um sucesso que jamais poderia imaginar, mas vou me esforçar para fazer o próximo projeto maior do que Naruto. Não sei quando vou fazer o próximo trabalho, mas eu planejo me desafiar a superar "Naruto", por favor, esperem por ele.

Parte desta entrevista fora divulgada neste espaço, embora haja diferenças entre as traduções a essência do texto permanece a mesma.

2 comentários:

  1. eu adorei esse trabalho de masashi kishimoto,ele e muito 10 sou muito fa dele sua arte da obra de naruto foram muito significativas pra mim,embora muito cativantes tbm...representa uma forte inspiração,só reclamo dos files desnecessários pq ja haviam explicações obvias de cada personagens,mais fora isso o resto de todo o manga e anime foram excepcionais,adorei todas as sagas e de fato e um dos melhores animes e manga que já conheci e gostei,mais o final da saga shippuden foi muito forçado mano kkkkkkkkk a parte q naruto sauske selam kaguia foi muito forçado kkkkk mais de boa,pelomenos eu poude ve em breves momentosa mãe de hikudo sennin,muito interessante essa entrevista gostei paks,espero q a nova visão de kishimoto seja realmente interessante,melhor que naruto isso só vendo mesmo kkkk vlw galera da naruto news desejo sucessos e muitos abraços seu mano jeffdarkness vaaaaleeeeeeeeeuuuuuuu!!!!!

    ResponderExcluir
  2. Tudo bem acabou Naruto, mais ver ele fazendo o papel de pai ia ser genial... afinal ele ensinaria ao seu filho a ser forte e corajoso como ele... espero ver mto ainda Naruto em boruto junto a hinata me pergunto se teria a possibilidade de fazer um romance com hinata como as tiras do YouTube que não paro de ver, histórias românticas deles dois e tudo mais... meu coração chegou a doer quando disse q ele acabaria sou super fã... espero que boruto seja um herói que nem o pai... ai que saudades ja estou sentindo de Naruto e hinata.. sasuke e sakura... por favor mais Naruto kkkkk

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...